mp

quinta-feira, abril 27, 2006

Solidariedade

Alguém me explica o curioso hábito nacional de fazer sinais de luzes depois de passar por uma operação stop? Será para avisar o condutor acelera que é melhor abrandar durante dois minutos para voltar a carregar no pedal, a fundo, depois de passar pela Brigada de Trânsito, continuando a infringir a lei e pôr em risco a segurança dos outros? Ou para sugerir ao procurado pela polícia por assassinato da vizinha do 2º esquerdo que deve virar na primeira à direita?

PS. Eu próprio já dei com a minha mão a acender e apagar, involuntariamente, as luzes do carro.

9 Comments:

Blogger Leididi said...

Acho que fiz isso uma vez, mas desde que a minha mãe foi mandada parar por fazer sinal de luzes, nunca mais me atrevi.

10:39 da manhã  
Blogger Cláudio said...

Eu faço sempre, e também gosto de ser avisado. Especialmente quando as brigadas estão em locais com 3 faixas, sem passadeiras nem semáforos, e que só se pode andar a 60 ou a 80 como acontece em muitas estradas portuguesas. Ora é exactamente aí que eles se colocam estrategicamente, muitas das vezes, com radares, para caça à multa. Abaixo os radares!!!

Sim, mas conheço muito boa gente que já mandada parada e autuada (atenção que não é multada) por fazer sinais de luzes a avisar a presença dos srs. guardas.

Mas apelo aqui a todos que não desistam do "Movimento Sinais de Luzes". Para o bem de todos, especialmente das carteiras...

11:12 da manhã  
Anonymous Núrcia said...

Pois olha que o "Movimento Sinais de Luzes" não ajuda nem nunca ajudou a prevenir o que quer que fosse! Quer dizer, se for bem analisado... até ajuda a prevenir... mas apenas que os infractores sejam punidos!

4:26 da tarde  
Blogger Guedes said...

Desculpa a pergunta: és a Núrcia que conheço? Se sim, Olá!

9:56 da tarde  
Blogger Cláudio said...

Cara Núrcia,

Quando os polícias mudarem de atitude, eu também mudo. Esconder os carros atrás de árvores e viadutos na caça á multa não é prevenção. E não é em país nenhum. E se pensares bem, não são multados, mas também vão devagar. Assim acontece a prevenção nos países civilizados. Basta ir a Espanha e ver que os condutores são avisados dos radares com muitos metros de antecedência e sabem exactamente onde eles estão. Isso sim é prevenção, porque te obriga a cumprir os limites e as regras. A caça portuguesa serve para multar os condutores, que logo a seguir fazem o mesmo porque já passaram o carro da BT. Isso não é prevenção, não concordas?

12:38 da tarde  
Blogger Guedes said...

Tudo é prevenção.

Por mim, limitava-se a velocidade dos carros ao máximo permitido por lei e acabou. Hipocrisia é ter um carro que anda a 200 e só pode dar 120.

1:18 da tarde  
Anonymous Núrcia said...

Sim, Guedes, sou a Núrcia que conheces. Ainda não tinha tido oportunidade de dar os Parabéns pelo blog. ;-) e há qto tempo não nos vemos!

Quanto ao assunto que me levou a colocar o primeiro post, e em resposta ao Cláudio, também não concordo que os polícias andem na "caça à multa". E para que isso mude, foi aprovada recentemente uma medida de prevenção. Se leste as notícias nas últimas semanas deves ter conhecimento que serão instalados radares em vários locais de Lisboa, devidamente sinalizados, que permitirão aos que execedem as velocidades, reduzir as mesmas. Só será punido quem não respeitar! Acho que estamos no bom caminho para a evolução. Deviam evoluir também os condutores portugueses que, ao contrário dos condutores de outros países, nunca respeitam as regras porque pensam que são muito bons, que não serão apanhados e que só acontece aos outros. Quando têm o "azar" de ser eles, a culpa é sempre do polícia ou do governo. Os pobres condutores nunca fizeram nada...

5:58 da tarde  
Blogger Guedes said...

Bem me parecia que eras tu. O blog não está nada de especial. Serve mesmo só para não estar calado. E sim: há muito, muito tempo que não nos vemos...

Bate no Cláudio que ele merece. Ainda por cima é responsável pela instrução de muitos automobilistas portugueses.

10:02 da tarde  
Anonymous Dora said...

Quem vai a conduzir seguindo todas as regras da condução, não teme as brigadas das autoridades.Eu no Portugal profundo fui sendo avisada, pelo sinais de luzes;vários condutores inverteram a marcha....Eu segui em frente ,vi a GNR ,e ainda me desejaram uma boa viagem....
Só quem sabe que não vai a seguir as regras é que receia....Dora.

3:40 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home